Após anunciar intenção de banir o Bitcoin, Banco Central da Rússia é evacuado por ameaça de bomba

- PUBLICIDADE -spot_img

O prédio do Banco Central da Rússia foi evacuado nesta sexta-feira (21) após uma denúncia anônima sobre uma bomba. De acordo com a mídia local, especialistas em explosivos e cinólogos com cães farejadores foram até o local.

“O Banco da Rússia recebeu uma ameaça anônima sobre uma bomba. O pessoal foi evacuado, todos os serviços necessários foram chamados, uma investigação está em andamento”, confirmou o Banco Central.

De acordo com notícias locais, o Banco da Rússia recebeu uma mensagem de que o prédio no centro da capital teria uma bomba. A mensagem foi recebida pelo Banco Central da Rússia um dia após a instituição anunciar uma possível proibição de operações com criptomoedas no país.

Segundo algumas fontes da mídia russa, a ameaça mencionava a proposta do Banco Central de proibir a mineração de criptomoedas.

Banco Central da Rússia quer banir o Bitcoin

O Banco vem pressionando por uma proibição total de criptomoedas no país, já que os russos usam cada vez mais pagamentos com criptomoedas para doar para “organizações indesejáveis”.

O Banco Central propôs banir completamente as criptomoedas e a mineração na Rússia. A proibição se aplica à emissão, circulação e troca de criptomoedas (incluindo trocas de criptomoedas, vendedores de criptomoedas e plataformas P2P).

De acordo com o regulador, as criptomoedas são usadas principalmente por indivíduos para especulação, transferências para o exterior e evitar requisitos para combater a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo.

Além disso, propõe-se a introdução de responsabilidade por violar a proibição do uso de criptomoedas como meio de pagamento de mercadorias.

Rússia e Bitcoin

A Rússia é o terceiro maior minerador de Bitcoin do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e do Cazaquistão, depois que a China baniu a mineração de bitcoin no ano passado.

A BitRiver, Minespot e BitCluster são as maiores empresas de mineração de criptomoedas do país.

Atualmente, a realização de pagamentos de serviços e produtos com criptomoedas é ilegal no país, mas investir e comprar criptomoedas por meio de corretoras é permitido.

Sobre isso, Elizaveta Danilova, chefe do departamento de estabilidade financeira do banco central, disse que os russos ainda poderão possuir criptomoedas no exterior, mas os reguladores rastrearão suas participações.

“Consideramos muito importante proibir o uso da infraestrutura financeira russa para comprar criptomoedas. Achamos que isso ajudará a remover uma parte significativa dos riscos e garantir que a criptomoeda não seja tão popular”, disse ela.

Por outro lado, países asiáticos discutem há muito tempo a regulamentação das criptomoedas. Cada país tem sua própria razão para regular as criptomoedas. Recentemente, a Índia citou a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo como motivo para regular a indústria.

O banco central da Rússia também acrescentou que trabalhará com autoridades regulatórias em todos os países onde as exchanges de criptomoedas estão registradas para coletar informações sobre as operações de clientes russos.

Fonte: Conteúdo Retirado do Site R7

Últimas Notícias
- PUBLICIDADE -spot_img
Notícias Relacionadas
- PUBLICIDADE -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here